A garantia permanente da qualidade e segurança da água para consumo humano constitui um dos principais focos de atuação para a Águas do Alto Minho, procurando sempre satisfazer a necessidade dos seus clientes bem como a contínua a melhoria do serviço prestado.


Nesse sentido, tanto a operação como a manutenção do Sistema de Abastecimento de Água, são desenvolvidas e realizadas tendo por base o cumprimento integral da Norma da Qualidade da Água de Abastecimento para Consumo Humano, constante do Anexo I do Decreto-Lei n.º 152/2017 de 07 de dezembro.


A qualidade da água distribuída, pela AdAM, é controlada através do Plano de Controlo da Qualidade da Água (PCQA), elaborado de acordo com a legislação em vigor, o Decreto-Lei n.º 152/2017, de 07 de dezembro, aprovado anualmente pela Entidade Reguladora de Águas e Resíduos (ERSAR), validado pela Autoridade de Saúde e realizado por Laboratório acreditado.


Em paralelo e como complemento ao PCQA, por recomendação do ERSAR, encontra-se implementado o PCO - Plano de Controlo Operacional, que visa a recolha em vários pontos ao longo do sistema, para controlo analítico em Laboratório acreditado, visando o permanente controlo dos processos de tratamento água, verificação da conformidade do produto, proteção da saúde pública e gestão dos riscos em todas as fases do sistema de abastecimento.


Para além dos planos de controlo implementados, a AdAM, recorre à monitorização online de diversos parâmetros, bem como a dados obtidos através de telemetria distribuídos pelo sistema de abastecimento de água.


O PCQA – Plano de Controlo de Qualidade da Água é disponibilizado anualmente, após a sua aprovação pela entidade gestora ERSAR e os resultados obtidos nas análises de verificação de conformidade da qualidade, são publicados com periocidade trimestral, em conformidade com o estabelecido no n.º 2 do art.º 17.º do Decreto-Lei n.º 152/2017.


Relatórios Trimestrais da Qualidade da Água