A qualidade e segurança alimentar da água abastecida para consumo humano constitui uma preocupação central na atividade da AdAM, pelo que a exploração, operação e manutenção do Sistema de Abastecimento de Água gerido pela AdAM são desenvolvidas tendo por base o cumprimento integral da Norma da Qualidade da Água de Abastecimento para Consumo Humano, constante do Anexo I do Decreto-Lei n.º 152/2017 de 07 de dezembro.


Para esse propósito são executados diversos planos e instruções de rotina, que dão permanente atenção ao controlo dos processos de tratamento água, verificação da conformidade do produto, à proteção da saúde pública e à gestão dos riscos em todas as fases do sistema de abastecimento.

Para assegurar o controlo da qualidade da água abastecida, a AdAM recorre a monitorização online de diversos parâmetros, dados de telemetria; mantém implementado um sistema de gestão operacional de infraestruturas e executa um PCO – Plano de Controlo Operacional, que inclui a realização de análises no exterior em laboratórios credenciados (além da monitorização interna).

A AdAM desenvolve ainda o Programa de Controlo de Qualidade da Água (PCQA), com recurso a laboratórios externos acreditados, que cumpre integralmente os requisitos do Decreto-Lei n.º 152/2017, de 07 de dezembro, que é o diploma legal que regula a qualidade da água para consumo humano.


Este plano, validado pela Autoridade de Saúde e aprovado anualmente pela Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR), consiste na avaliação da conformidade dos requisitos de qualidade definidos na legislação, através de análises efetuadas na torneira do consumidor e em pontos selecionados de modo a obter-se uma amostragem representativa da água abastecida.

O programa de Controlo de Qualidade da Água e os resultados da sua execução são publicados em relatórios periódicos, disponíveis para consulta e download.


Pograma de Controlo de Qualidade da Água